O que tem de Convergente na Parte I?

convergente_instaVamos apertar o botão de pause no mundo do papel pra falar de cinema… Adaptação pode né?! Ontem fui assistir ao tão falado filme Convergente. E, sinceramente, não entendi as críticas negativas com as quais tive contato. Não sei se as minhas expectativas eram baixas [pertinentes] ou se o pessoal é que estava esperando demais.

Aliás, é importante deixar claro que estou aqui como consumidora das adaptações cinematográficas… Confesso que ainda não apreciei as palavras de Veronica Roth [Aceito doações]. Na verdade, penso que são linguagens, estéticas, caminhos diferentes e que podem ser analisados sem a interferência um do outro.

Dito isso, posso expressar que fiquei surpresa com a linha que o roteiro seguiu. Achei que, de algum modo, seria apresentada uma ideia bonitinha de que a vida em sociedade e as habilidades de todos podem convergir. Maaaas… Assim não teria tanta graça quanto descobrir que o pessoal além do muro é pior que o de Chicago.

Não faço ideia do que vão aprontar na sequência, mas, até agora, só vejo a sociedade convergir nas cabecinhas de Tris Prior e Quatro. Como eles vão se livrar do David para concretizar o mundo que eles idealizam… Sem distinção entre “danificados” e “puros” ou entre as cinco facções, é um mistério para mim. E, por favor, quem já leu a série… NÃO ME CONTE! [fora spoilers].

Só para deixar claro… Não tenho vergonha de dizer que estou esperando a tal parte 2 ou Ascendente, como tem sido divulgado. E não, eu não preciso desver.

Stars: 3,5/5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s