Deixe-me em paz

deixe-me em paz!

Alguns relacionamentos acabam. É natural, nem todo mundo tem a sorte de encontrar a pessoa certa logo de cara. As vezes demora e com outras nem chega a acontecer.

O fato é que nessas situações em que o casal não funciona e resolve cada um ir para o seu lado, nem sempre damos conta de colocar um ponto final na história. Talvez, na época, não achamos importante fechar as portas e as janelas.

E, anos depois, por um motivo qualquer, essa pessoa pode querer entrar de novo na sua vida. Mesmo que você não queira, que tenha recomeçado, mudado, esteja vivendo o seu conto de fadas, esse vulto do passado retorna. Atrapalha, incomoda, chateia. Até mesmo a pessoa que te faz feliz hoje.

Em alguns casos, isso acontece porque deixamos brechas. O número de telefone que continua o mesmo,  um contato em comum nas redes sociais, uma caixa cheia de recordações, mas principalmente, a falta de uma conversa definitiva. Essas pequenas coisas fazem diferença e dão espaço para que pessoas que você quer bem longe achem um jeito de se manter por perto.

Os relacionamentos não admitem ficar em aberto, eles sempre reclamam um ponto final. Se não fizer isso logo que decidir fazer as malas, vira e mexe vai trombar com um fantasma… Que já não assusta, mas é sempre indesejado. Se não quer isso, se deseja ficar em paz, tranque as portas e as janelas, recolha todos os pertences e deixe claro que nunca mais vai voltar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s